Não é nada, é só felicidade.

É amor demais, é só o coração transbordando
as coisas boas... assim pelos olhos.


*
*




- lindeza por Monalisa Macedo


*
















Pode falar não me importa.
O que tenho de torta, eu tenho de Feliz.


*
*





- lindeza por Mallu Magalhães 
(amo essa música)


*

















Seja Feliz!!



*












Acho que amigos são presentes de Deus,
que Ele escolhe com o maior carinho 
e ainda embrulha pra presente. 

Obrigada por fazerem parte da minha vida,
da minha história, por compartilharem momentos,
sorrisos e muitas alegrias... 
só pelo falo de serem meus amigos.

*


Feliz dia do amigo 
(estou meio atrasada, mas enfim, dia do amigo é todo dia)


*
*



















Quando conseguiu enxugar
a mágoa, a vida voltou a fluir.

Porque...


Mágoa é água que não leva.
Mágoa é água que não lava.
Mágoa é água estagnada.


*
*




- lindeza por Ana Jácomo


*













Quando não cabe mais amor dentro de mim,
ele transborda pelos olhos.


*
*





- lindeza por Mariana Andrade


*











A gente não pode
é deixar de se buscar.

Dentro.


*
*




- lindeza por Bibiana Benites


*










Amor é saber esperar, esperar, esperar...

É paciência, é cuidado, é afeto.
É não saber explicar, é sentir sem medidas,
é querer o mesmo cheiro, o mesmo rosto, o mesmo
abraço, o mesmo beijo, para o resto da vida.
É sonhar acordada e de olhos fechados, é a
imagem que vem a cabeça e estampa seu sorriso.
Uma vez a poeta disse que amor não é só
poesia e refrão, amor é mais, muito mais, 
é reconstrução, desafinos, e muitos desafios.

Amor é aquele sentimento que invade a gente, e quando 
você percebe, tá florescendo por ai feito roseira na primavera. 
Amor é esse brilho nos olhos que te faz enxergar mais além, 
te faz ver o mundo com os olhos de dentro.


Para o meu Gui Vital 


*
*




- por Juliana Nascimento


*












Meu Deus, como é engraçado.
Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço.
Uma fita dando voltas, enrosca-se, mas não embola.
Vira, revira, circula e pronto, está dado o laço.

É assim que é o abraço (...)

Ah, então é assim o amor, a amizade, tudo que é sentimento, 
como um pedaço de fita. Enrosca, segura um pouquinho, 
mas não pode se desfazer a qualquer hora, deixando 
livre as duas bandas do laço. Por isso é que diz:

Laço afetivo, laço de amizade.

E quando alguém briga então se diz:
Rompem-se os laços. Então o amor, a amizade, são isso,
 não prendem, não escravizam, não apertam, não sufocam. 
Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço.


*
*




- lindeza por Mário Quintana


*











Não vejo o amor sem a admiração.
Admirar é desejar ser igual estando junto.

Admira-se.

(...)



Admirar suas palavras de amor,
incompreensíveis, mas terrivelmente musicais,
e dizer ''não entendi'', para escutar outra vez.

Pode-se admirar um homem sem amá-lo,
mas não amar um homem sem admirá-lo.


*
*



- lindeza por Carpinejar


*












Amor não é só poesia e refrão.
Amor é reconstrução.

É ritmo, pausas.

Desafinos e muitos desafios.


*
*




- lindeza por Fernanda Mello


*














O amor nos possibilita enxergar lugares do nosso
coração que sozinhos jamais poderíamos enxergar.

O poeta soube traduzir bem quando disse:
''Se eu não te amasse tanto assim, talvez perdesse
os sonhos dentro de mim, e vivesse na escuridão.
Se eu não te amasse tanto assim talvez não visse flores
por onde eu vi, dentro do meu coração.''

Bonito isso, enxergar sonhos que antes eu não saberia ver
sozinho. Enxergar só porque o outro me emprestou os olhos,
socorre-me em minha cegueira. Eu possuia e não sabia. 
O outro me apontou, me deu a chave, me entregou a senha.


*
*




- lindeza por Pe. Fábio de Melo 


*
















Não subestime  o tempo das voltas,
nem diminua a leveza dos passos.

Todo caminho é começo.


*
*




- lindeza por Priscila Rode


*














Tem uma felicidade mansa aqui dentro, devagarinho.
A casa bonita, os dias bonitos, a roseira bonita (...)

Guardo meu amor por dentro. É precioso.


*
*





- lindeza por Caio Fernando Abreu



*









Sem perceber tu foste plantando carinho,
regando de afeto, cuidando com jeitinho
e sem que percebestes - sem que eu percebesse-

 eu floresci amor.


*
*



- lindeza por Monalisa Macedo

*


meu aquário 










Tristezas podem ficar caladas.
É só não puxar por elas
enquanto ela dormem.

*
*



- lindeza por Flora Figueiredo

*









As coisas tem vida própria
é questão de
despertar a alma.


*
*



- por Gabriel Garcia Marquez


*











*












O mínimo que alguém pode 
fazer por mim é estar comigo ao máximo!

*
*



- por Marla de Queiroz

*










A gente se apertou um contra o outro.
A gente queria ficar apertado assim, porque nos
completamos desse jeito, o corpo de um sendo a
metade perdida do corpo do outro.

*
*



- lindeza por Caio Fernando Abreu


*








Só pra ti eu corro,
só pra ti eu conto,
só pra ti eu peço,
só pra ti entrego,
só pra ti me revelo

do começo até o fim.


*
*




- lindeza por Cáh Morandi

*











Que bons 
ventos 
tragam 
novas 
e maravilhosas 
energias 
sempre.


*
*



- por Fernanda Mello

*











*











Dessa vez é diferente, 

eu aprendi a respeitar a sabedoria do tempo.
Agora entendo, há cada passo eu vejo, aquelas pequenas
sementes florindo.

É felicidade que não cabe dentro do meu peito,
ela transborda pelos olhos e se encontra no seu beijo...

Meu aquário, agora entendo 


*
*



- por Juliana Nascimento


*








O cuidado só corre bem 
quando é entrega,  quando é o outro dentro 
da gente, quando é a possibilidade de uma calmaria, 
uma intuição bem resolvida.

Cuidado é poesia pronta que nos conta novas saídas.
É inaugurar sóis dentro do outro em dias feitos de chuva.
Cuidar é ofertar ao outro um barco nunca antes usado,
um abraço nunca antes pertencido.
Cuidado é recomeço para dois e mais sorrisos.

*
*


- lindeza por Priscila Rode


6 meses de cuidado, de afeto, de carinho com o meu Gui Vital 

*





''... esse é só o começo do fim da nossa vida
deixa chegar o sonho, prepara uma avenida
que a gente vai passar...''

*
*



por Los Hermanos 


*










Amar é confissão...

Amar é justamente quando um sussurro 
funciona melhor que um grito.
Amar é não ter vergonha das nossas dúvidas,
é falar uma bobagem e ainda se sentir importante.
É arrumar a cama e nunca se sentir sozinho.

É aquela vontade de andar de mãos dadas durante o dia
e de pés dados durante a noite.

*
*



- por Carpinejar

*





E abraços na minha história.
são técnicas de estourar com o corpo

um balão cheio de vazios.

*
*



- por Rita Apoena

*




Bem vindo INVERNO.



*






Alguns pensamentos são preces.
Há momentos em que qualquer que
seja a posição do corpo,

a alma está de joelhos.

*
*




- por Victor Hugo

*



Quanto a mim,
assumo
minha
solidão.

*
*



- por Clarice Lispector

*




A gente pode olhar em volta e sentir 
que tudo está mais ou menos.

Tudo bem, 
o que a gente não pode mesmo, nunca,
de jeito nenhum, é amar mais ou menos.

É sonhar mais ou menos, é ser amigo mais ou menos.
Namorar mais ou menos, é ter mais ou menos e
acreditar mais ou menos.

Senão,
 a gente corre o risco de se tornar 
uma pessoa mais ou menos.

*
*




- por Chico Xavier

*






Meu mundo 
menino,
por vós
tomei 
e te 
dou.

*
*



- por Patty Vicensotti

*




Não importa se a flor é de plástico,
a armadura é de pano.

A solidão pode existir 
para qualquer um nesse mundo.

*
*



- Rita Apoena


*







E quando faço silêncio,
é porque há muito barulho

dentro de mim.

*
*




- por Monalisa Mecêdo


*






Amar é um desafio dos grandes e dos bons.
Pede que a gente cresça junto e 
leve luz a um monte de sombras.

Às vezes, a gente consegue, outras não.

Uma história de amor é coragem de dois.

*
*





- por Ana Jácomo

*





Preciso estar firmemente pousada 
sobre algo - ou alguém.

Abraços me seguram, e eu me agarro.

*
*




- por Martha Medeiros

*






A minha infância de menina sozinha deu-me
duas coisas que parecem negativas,

e foram sempre positivas pra mim:

Silêncio  e  Solidão

*
*



- por Cecília Meireles


*





As vezes precisamos bagunçar
para encontrar o lugar das coisas...

*
*




- por Renata Fagundes

*